domingo, 16 de fevereiro de 2014

Troca de Livros- A Travessia

Boa Tarde, pessoal. Como vocês estão?
Hoje, pelo menos aqui na minha cidade, está um clima muito gostoso de chuva. Perfeito para ler. Porém resolvi dar uma pausa na minha leitura para compartilhar com vocês o novo livro da minha coleção: A TRAVESSIA do William P. Young. Eu troquei Jardim de Inverno por ele, porque acabei ganhando dois exemplares iguais e ninguém merece ter dois livros iguais. Ainda não comecei a ler Jardim de Inverno, mas a Maely (linda, maravilhosa, escritora aqui do blog e que trocou o livro comigo) já começou a ler e disse que antes da pagina 100 já estava chorando horrores (melhor eu me preparar emocionalmente, pois essa será minha próxima leitura).
Voltando para a Travessia, é um livro que me chama a atenção, pois sempre ouço muitos comentários positivos sobre ele. Dizem que o autor arrasou no livro A Cabana e que não foi diferente em A Travessia.
O livro é bem curtinho, possui apenas 238 páginas e foi publicado pela editora Arqueiro.

Sinopse

Um derrame cerebral deixa Anthony Spencer, um multimilionário egocêntrico, em coma. Quando “acorda”, ele se vê em um mundo surreal habitado por um estranho, que descobre ser Jesus, e por uma idosa que é o Espírito Santo. À sua frente se descortina uma paisagem que lhe revela toda a mágoa e a tristeza de sua vida terrena. Jamais poderia ter imaginado tamanho horror. Debatendo-se contra um sofrimento emocional insuportável, ele implora por uma segunda chance.
Sua prece é ouvida e ele é enviado de volta à Terra, onde viverá uma experiência de profunda comunhão com uma série de pessoas e terá a oportunidade de reexaminar a própria vida. Nessa jornada, precisará “enxergar” através dos olhos dos outros e conhecer suas visões de mundo, suas esperanças, seus medos e seus desafios.
Na busca de redenção, Tony deverá usar um poder que lhe foi concedido: o de curar uma pessoa. Será que ele terá coragem de fazer a escolha certa?

A capa é toda em verniz, porém as letras são sobressaltadas, destacadas, em relevo (eu não sei como falar isso kk).

 

As paginas são amareladas (não é novidade) e as letras são de bom tamanho para a leitura.


Espero ter feito uma boa troca. Até a minha mãe já está pensando em lê-lo. Ela gostou da sinopse, assim como eu. 


Acham que fiz uma boa troca?
Espero que tenham gostado do post.
Se vocês já leram o livro, comentem aqui o que acharam dele, e se não leram falem o que esperam dele.
Bjokas